• miscelaneacultural

Reabertura Cultural: Três museus para visitar em São Paulo.

Queridos leitores,

antes de mais nada acho que devo um singelo pedido de desculpas. O Miscelânea Cultural mal nasceu e, na mesma velocidade, desapareceu. O começo da pandemia, o encerramento das atividades culturais e todo o clima que se instalou em razão da COVID-19, fizeram com que eu me afastasse das atividades do site, mas cá estou eu. Espero que todos estejam bem e seguros. Bem-vindos de volta!



A cidade de São Paulo, com o início da pandemia, teve a maioria de suas atividades culturais encerradas/paralisadas e pontos culturais fechados, mas no último dia 13, após seis meses fechados, os museus e espaços culturais começaram a reabrir.


O retorno às atividades ainda são restritos, mas acredito que um pouco de cultura em meio a tempos tão difíceis possa fazer um bem danada. Deixo aqui, neste post de retorno do Miscelânea Cultural, dicas de três museus que já estão reabertos e prontos para visitação.


Pinacoteca


O local retoma suas atividades com uma megaexposição da dupla Os Gêmeos, intitulada Os Gêmeos: Segredos. Com curadoria do alemão Jochen Voltez, a exposição apresenta mais de 1.100 itens dos irmãos Gustavo e Otávio Pandolfo, dividia em diversos espaços do museu. Os irmãos são considerados dois dos maiores representantes da arte urbana brasileira.

Além disso, vale conferir a coleção permanente da Pinacoteca.


Horários: Quarta a segunda das 14 as 20h.

Ingressos: https://pinacoteca.byinti.com/#/ticket/eventInformation/IUh6BJP10ZeBKCiFISJF

Os ingressos estão disponíveis apenas online.


MASP


O museu localizado na Avenida Paulista apresenta, além de sua coleção permanente, a exposição Hélio Oiticica: a dança na minha experiência, que conta com 126 obras do artista brasileiro, relacionados ao ritmo, à música e à cultura popular.


Horários: ter. a sex.: das 13h às 19h (entrada até 18h30); sáb. e dom.: das 10h às 16h (entrada até 15h30)

Ingresso: R$45 e R$22 (estudantes, professores e maiores de 60 anos). Entrada gratuita às terças. Reservas em https://masp.byinti.com/#/ticket/

Os ingressos estão disponíveis apenas online.



IMS - Instituto Moreira Salles


O IMS, também na Avenida Paulista, reabre com uma exposição de 170 imagens da fotógrafa chilena Paz Errázuriz. Em plena ditadura chilena na década de 70, a fotógrafa registrou temas tratados como a margem da sociedade, como travestis e pessoas em situação de vulnerabilidade em hospitais psiquiátricos.

Além disso, o visitante também poderá conferir arquivos fotográficos do alemão Peter Scheier, com imagens feitas entre as décadas de 1940 e 1970 e Agora ou nunca – Devolução: paisagens audiovisuais de Maureen Bisilliat, onde a fotógrafa reúne pela primeira vez numa exposição parte de sua produção audiovisual, com extratos de 12 vídeos.


Horários: Terças a sextas, das 12h às 16h. Sábados, domingos e feriados (exceto às segundas), das 13h às 17h - Entrada gratuita.

A visita deve ser agendada previamente pelo site:

http:// site.bileto.sympla.com.br/imspaulista


Todos os locais citados acima estão operando com apenas 60% da capacidade e respeitando todos os protocolos de segurança recomendados pela OMS.

O uso de máscaras é obrigatório.


Espero que vocês gostem das dicas, aproveitem e me escrevam caso tenham dicas, dúvidas ou críticas.

Lembrando que este é um site colaborativo e quem quiser contribuir de qualquer forma é só mandar um email para: textosmiscelaneacultural@gmail.com.


Nos vemos em breve!









TEMAS

MAIS RECENTES

  • Instagram - White Circle

© 2023 por Descomunique. Todos os direitos reservados.